ASTROFOTOGRAFIA: Fotografando Cometas



Fotografia de cometas, uma das várias áreas da astrofotografia e uma das mais incomuns justamente por conta da ocorrência de cometas não ser algo tão comum assim.


Esse tipo de fotografia tem fundamentos bem parecidos com o da fotografia Deep Sky, que se trata de fotografar corpos celestes pequenos no céu noturno como outras galáxias, aglomerados e nebulosas.



Para isso, um bom equipamento faz toda a diferença pois diferente de fotografar a via lactea, é preciso uma lente teleobjetiva boa e uma boa captação de luz para ter um resultado bacana.


No meu caso, tive a oportunidade de fotografar o cometa Neowise em Julho de 2020. Durante dois dias.


O primeiro passo para sucesso nessa área são equipamentos bons, que divido em 3 principais:


- Um tripé fotográfico de qualidade

Para captar fotos do espaço sua câmera fica parada por vários segundos, portanto um tripé bem estável é essencial para evitar tremedeira nas fotos.

- Uma camera DSLR ou Mirrorless com controle manual

É necessário utilizar longa exposição e para isso cameras com lentes intercambiáveis são ideais por ja terem um controle totalmente manual em sua grande maioria.




- Lente teleobjetiva clara

50mm f1.8, 85mm f1.4 ou 1.8, 70-180mm f2.8, 135mm f2





Com os equipamentos certos escolhidos, o próximo passo é planejamento de quando e onde o cometa vai aparecer. Para isso existem vários aplicativos como o Stellarium que facilitam bastante no seu planejamento pois mostram em tempo real onde esta cada corpo celeste.





Com o aplicativo, você consegue se programar e ver exatamente onde vai estar o cometa para se programar e tirar suas sonhadas fotos rsrs.


O local onde você vai estar também é de grande influencia no resultado pois quanto mais afastado de cidades e grandes centros luminosos, mais facilmente você vai captar detalhes do espaço em suas fotos.


No meu caso como eu estava na cidade, subi no topo de um dos prédios mais altos de Juazeiro-BA para fotografar o cometa junto com o Rio São Francisco.




Utilizei uma câmera Sony A7R III, lente Rokinon 85mm F1.4 FE e um tripé da Manfrotto. Uma vez localizado o cometa, usei o modo de timelapse de foto e deixei a câmera captando as imagens, com isso ela tirou as fotos em sequencia e posteriormente selecionei as que mais gostei.




Para as configurações, lente no foco manual no infinito, maior abertura possível, tempo de exposição entre 2-6 segundos e o ISO sempre o menor possível mas mantendo a captação de luz em um tempo aceitável.


Com isso sai com essa lindeza de foto e boas lembranças dessa aventura.



Se vocês quiserem, também deixei mais detalhes direto no meu canal do youtube em um vídeo completinho de como foi essa aventura:



Gostou da matéria ? Fiquem ligados que em breve tem mais aventuras assim, um grande abraço a todos e tudo de melhor!

61 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo